Mais de 30 milhões de pessoas desbancarizadas no Brasil: um mercado a ser explorado - CDL POA

Mais de 30 milhões de pessoas desbancarizadas no Brasil: um mercado a ser explorado

Ferramentas como o Cadastro Positivo podem auxiliar na transformação do cenário das pessoas desbancarizadas no país

Hoje no Brasil mais de 30 milhões de pessoas são consideradas desbancarizadas, ou seja, não têm acesso a serviços financeiros, principalmente de crédito. Isso acontece por diversos motivos, seja por causa do histórico de mau pagamento ou pela falta de informações. Porém, o Cadastro Positivo pode mudar esse cenário, visto que traz mais informações financeiras relevantes para dar maior segurança no momento de conceder crédito.

Conforme levantamento do Instituto Locomotiva, o país ainda tem 34 milhões de brasileiros com acesso precário ao sistema bancário – o equivalente a 21% da população que movimenta aproximadamente R$ 347 bilhões ao ano. São 16,3 milhões de pessoas desbancarizadas, ou seja, sem conta em banco; e outras 17,7 milhões sub-bancarizadas, ou seja, que utilizam pouco ou não têm acesso aos produtos e serviços disponíveis no mercado. 

Entre a parcela que não possui conta em banco, 44% afirma não querer ou não precisar do serviço, e 40% afirma não possuir renda ou estar negativado. Apesar dos números relacionados ao público desbancarizado, diversos estudos apontam que essas pessoas são economicamente ativas e com grande potencial de consumo. Por isso, diferentes soluções vêm sendo desenvolvidas com o objetivo de explorar ainda mais o mercado focado em pessoas desbancarizadas e uma delas é o Cadastro Positivo.

Cadastro Positivo e a concessão de crédito para pessoas desbancarizadas

A partir do momento que as empresas e as instituições financeiras têm acesso às informações positivas das pessoas – através do Cadastro Positivo – é possível realizar análises e concessões de crédito com maior assertividade, ao contrário do que era antes com análises de informações restritivas. Ou seja, dessa base de dados os negócios conseguem melhorar de forma significativa as soluções de concessão de crédito, pois fornece uma visão do cliente no mercado, seja pessoa física ou jurídica. 

As empresas podem analisar o score dos consumidores, tanto as informações negativas – como movimentação nas solicitações de crédito e inadimplência – quanto às informações positivas. Além do Cadastro Positivo, o mercado também apresenta tendência de expansão a partir da implementação do Open Finance e também do desenvolvimento de fintechs cada vez mais focadas em demandas específicas dos clientes.

Assim, com a entrada de novos players no sistema financeiro e também com a ampliação do acesso a informações relevantes dos clientes é possível que o público desbancarizado encontre cada vez mais opções tanto de serviços, quanto de acesso a crédito nas empresas e também nas instituições financeiras.

 

Data

22 julho 2022

Compartilhe

    CADASTRE-SE E RECEBA A NOSSA NEWSLETTER!