Varejo recebe injeção de contas inativas do FGTS

Varejo recebe injeção de contas inativas do FGTS

30

JUNHO, 2017

Notícias

Nos meses de março e abril, as contas inativas do FGTS injetaram R$ 7,2 bilhões no varejo – valor corresponde a 43% do montante disponibilizado para saque pela Caixa Econômica Federal ((R$ 16,6 bilhões) nos dois meses –, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Na divisão por segmentos, as lojas de vestuário e calçados foram as mais impactadas (R$ 2,9 bilhões). Na sequência, estão hiper e supermercados (R$ 2 bilhões) e móveis e eletrodomésticos (R$ 802,5 milhões).

No bimestre, seis dos dez ramos do varejo ainda registraram quedas nos volumes de vendas em relação ao mesmo período do ano anterior. Embora o cenário corrente do setor ainda seja predominantemente negativo, observou-se nesse período o menor grau de disseminação de quedas desde o bimestre entre dezembro de 2014 e janeiro de 2015.

Data

30 junho 2017

Compartilhe