Liderança à prova em 2021 – Por Irio Piva


Liderança à prova em 2021 – Por Irio Piva

05


JANEIRO, 2021

Notícias

​A edição de 2014 da NRF – a centenária e mais importante feira mundial de varejo, realizada em Nova York – foi uma das que discutiu quase à exaustão o conceito de omnichannel. Durante vários anos depois, tanto quanto exauridos, muitos dos empreendedores sentiram-se também apavorados porque equilibrar o físico e o digital (e a gente nem sabia bem o que era essa dimensão de negócios) e concretizar a venda e a satisfação do cliente independentemente do canal nos deixava tão sem resposta como se tivéssemos que decifrar o enigma da esfinge. Pois o ano de 2020, traumático para milhares de pessoas e famílias ao redor do mundo, acabou provocando o varejo a ser omnichannel na marra.

Para o comércio – que sofreu não somente com o impacto na gestão de pessoas e a quebra nas vendas, mas, infelizmente, com o fim de muitas empresas -, o maior legado aos sobreviventes foi o aprendizado em lidar com diferentes situações, em encontrar maneiras alternativas de atender clientes, de estabelecer relacionamentos interpessoais. Aprendemos a diminuir distâncias, diante do afastamento social, e otimizamos tempo com tecnologia – um ganho enorme para os negócios daqui para frente. Os aprendizados de agora guiarão o nosso amanhã.

Diante dos esforços para superar esta pandemia e as nefastas consequências econômicas, o caráter dos líderes será tão importante como a competência. Em 2021, a liderança servidora representará uma vantagem competitiva, defende um texto sobre tendências para o novo ano no LinkedIn. O psicólogo organizacional e professor da respeitada Wharton School Adam Grant vislumbra que os líderes-servidores estarão mais disseminados e atuantes. Doadores colocam os interesses coletivos acima de tudo, explica Grant. Esta também é a minha convicção, pois as entidades e associações configuram um ecossistema na essência. A dificuldade faz a gente se aproximar uns dos outros, e foi isso que fizemos, nos unimos por um bem maior. Para 2021, estaremos melhores e mais preparados para as adversidades, confiantes de que podemos nos ajudar mutuamente e que podemos crescer sempre, independentemente das circunstâncias.

 

Irio Piva – Empresário e Presidente da CDL Porto Alegre

*Artigo publicado no Jornal Zero Hora – Edição impressa em 04 de janeiro de 2021.

 

Data

05 janeiro 2021

Compartilhe