Comércio informal prolifera no Centro


Comércio informal prolifera no Centro

07


MAIO, 2020

Notícias

A proliferação de vendedores ambulantes pelo centro de Porto Alegre durante a pandemia deflagrou um clima de injustiça. Enquanto o comércio legal, que emprega e paga impostos, se mantinha fechado, muitos ambulantes seguiram comercializando normalmente. Tanto a CDL POA quanto o Sindilojas afirmam que a situação é bastante danosa, formando uma concorrência desleal principalmente aos negócios que disputam clientes com eles, como o do ramo de vestuário e acessórios de moda e para celulares. O diretor de fiscalização da Prefeitura de Porto Alegre, Denis Carvalho, reconhece o aumento e reafirma que a prefeitura vem atuando diariamente na mitigação do problema.

“A situação cresceu bastante no centro da Capital. Inclusive é uma situação de injustiça, para quem está pagando funcionários, impostos, aluguéis, e ainda não consegue trabalhar. E no mesmo local da loja, em frente, tem o ambulante, que não paga imposto, não tem cuidados com higiene e segurança. Isso tem que ser combatido de forma enérgica”, pede o presidente da CDL Porto Alegre, Irio Piva. O presidente do Sindilojas, Paulo Kruse, alerta para forma de atuação dos ambulantes e camelôs, que escapam rápido da fiscalização. “Eles são organizados. Recolhem o material rapidamente e vão para outro lado”, alerta. “Estamos atuando sempre com ações de fiscalização, principalmente no Centro. Nunca paramos, nem mesmo nesta época de pandemia.

Fonte: Jornal Correio do Povo – Edição impressa em 06 de maio de 2020.

 

___________________________________________________

A CDL Porto Alegre reafirma seu compromisso em acolher as necessidades dos varejistas, auxiliando-os a transpor os entraves da disseminação do coronavírus. A Entidade tem a convicção de que a unidade do setor fará grande diferença neste momento tão delicado e de apreensão para todos. Com a atenção e a disponibilidade de cada empresário, para fazer a sua parte, o setor sairá ainda mais forte desta crise.

 

Data

07 maio 2020

Compartilhe