Economia gaúcha teve o pior desempenho do país em 2020, aponta Banco Central


Economia gaúcha teve o pior desempenho do país em 2020, aponta Banco Central

19


FEVEREIRO, 2021

Notícias

A economia do Rio Grande do Sul encolheu 4,7% em 2020 sobre 2019. Foi a queda mais intensa do País. Chamado de prévia do PIB, o Índice de Atividade Econômica (IBC-Br) teve um recuo de 4,05% na média nacional. Indústria, varejo e serviços tiveram desempenhos piores no Estado do que no país, conforme os indicadores do IBGE. O desempenho é ainda mais discrepante quando considerada a safra de grãos.

Os dados são do Banco Central e compilados por Oscar Frank, economista-chefe da Câmara de Dirigentes Lojistas de Porto Alegre (CDL POA). São Paulo, por exemplo, teve uma queda bem menos intensa, de -1%, mas ele responde por cerca de um terço da economia brasileira, pesando no cálculo do indicador. Por outro lado, o maior crescimento, de +1,7%, foi verificado no Pará.

O ano passado teve, claro, o forte impacto da pandemia. No entanto, 2020 já tinha começado ruim para o Rio Grande do Sul, com a estiagem tendo impacto no agronegócio e seus efeitos em cascata. E Oscar Frank avisa:

– Ainda mais, ponderando por todas as dificuldades que temos aqui no Estado. Crescimento econômico repercute sobre mercado de trabalho, salários, finanças públicas. Para completar, não sabemos ainda o quanto o fenômeno La Niña vai interferir no agronegócio em 2021.

 

Outras comparações do Índice de Atividade Econômica Regional do Rio Grande do Sul (IBCRRS):

Dezembro sobre novembro de 2020

RS -0,4%

Brasil +0,6%

Quarto trimestre sobre o terceiro trimestre de 2020

RS +1,8%

Brasil +3,1%

Desempenhos do país em 2020 sobre 2019:

Pará +1,7%

Região Norte +0,4%

Região Centro Oeste +0,2%

Paraná +0,1%

Pernambuco 0%

Minas Gerais -0,9%

São Paulo -1%

Goiás -1,1%

Região Sudeste -1,3%

Santa Catarina -1,6%

Região Sul -2,1%

Região Nordeste -2,1%

Rio de Janeiro -2,3%

Amazonas -2,8%

Ceará -2,8%

Bahia -3,2%

Espírito Santo -4,3%

Rio Grande do Sul -4,7%

 

Fonte: Portal Gaúcha ZH | Coluna Giane Guerra

Data

19 fevereiro 2021

Compartilhe