Pesquisa da Boa Vista indica que mais consumidores devem presentear no Dia dos Pais deste ano em relação a 2020

Levantamento mostra provável aquecimento do varejo com a data comemorativa, com mais pessoas fazendo compras presencialmente

Pesquisa realizada pela empresa de inteligência analítica Boa Vista, parceira de negócios da CDL POA e da Rede de Entidades Parceiras, mostra que mais consumidores brasileiros estão dispostos a presentear neste Dia dos Pais – 62% contra 47% no ano passado –, o que indica uma retomada do varejo com a data.

Mesmo com a alta na intenção de consumo, 69% dos consumidores entrevistados em todo o Brasil afirmam pretender gastar a mesma quantia ou menos neste ano, em relação a 2020. O ticket médio verificado pelo levantamento da Boa Vista gira em torno de R$ 137,00, enquanto que no ano passado era de R$ 173,00.

“A crise gerada pela pandemia do novo coronavírus ainda reflete no consumo das famílias. A intenção de gastar menos neste Dia dos Pais muito provavelmente se dá pelo fato de haver um índice alto de desemprego, com redução dos rendimentos e uma incerteza ainda muito grande, além da alta dos preços”, explica Flávio Calife, economista da Boa Vista.

A análise é corroborada pela pesquisa, na qual 53% dos participantes dizem pretender gastar menos do que no ano passado devido à falta e trabalho. Esse fator era apontado por 31% em 2020. A alta nos preços foi a justificativa mencionada por 32% na pesquisa deste ano, contra 46% no ano anterior.

Entre os tipos de presente mais procurados, os consumidores apontam preferência por itens de vestuário e calçados, indicados por 39% deles (45% em 2020), seguidos por acessórios (23% em 2021 e 17% em 2020) e itens de perfumaria e cosméticos (14% em 2021 e 16% em 2020).

Para 30% dos consumidores, o fator preço continua sendo o mais determinante para a escolha do presente. Na pesquisa do ano passado, havia sido apontado por 34% deles. A necessidade é a segunda variável mais mencionada, considerada por 20% no levantamento deste ano contra 21% em 2020. Vêm ganhando força na influência para a decisão o atendimento oferecido pelas empresas (19% em 2021 ante 13% em 2020) e a qualidade e a marca, mencionadas por 15% dos entrevistados neste ano e 11% no ano passado.

Movidos pela intenção de presentear no Dias dos Pais, a maioria dos consumidores (63% em 2021 ante 49% em 2020) também demonstra maior disposição para realizar as compras presencialmente. Apenas 37% afirmam pretender comprar por meio de e-commerce neste ano, enquanto que em 2020 eram 51%.

Daqueles que preferem ir às ruas neste ano, 19% afirmam que irão às lojas de rua (22% em 2020), 30% a shoppings centers (20% em 2020), 8% a magazines (6% em 2020) e 6% a supermercados (1% em 2020).

Metodologia

A pesquisa realizada pela Boa Vista foi feita por meio de entrevistas online, entre 08 e 30 de junho. Contou com a participação de aproximadamente mil consumidores de todas as classes sociais e regiões do país, inclusive aqueles que buscaram informações e orientações no site Consumidor Positivo da Boa Vista (www.consumidorpositivo.com.br). A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o grau de confiança é de 95%.

Data

05 agosto 2021

Compartilhe