O crédito como motor da retomada econômica do País

Na história recente da economia, nunca foi tão importante o crédito para a sua retomada. Afinal, ele é o responsável pelo aquecimento da troca de bens e serviços e, consequentemente, da produção de todos os setores e da geração de empregos. 

A crise provocada pela pandemia de Covid-19 gerou muitas incertezas, atingindo fortemente a confiança do mercado, mas, com a vacinação avançando, e a taxa de mortalidade reduzindo, o otimismo começa a se sobrepor. Exemplo disso foi trazido pelo economista-chefe da CDL POA, Oscar Frank, no dia 29 de junho, em que abordou a importância do Cadastro Positivo para estimular o mercado

Na oportunidade, ele trouxe dados sobre o assunto compilados pelo Banco Central, que revelou em estudo o fato de o Spread (diferença entre o que os bancos gastam para captar os recursos e aquilo que eles emprestam na ponta final) para os usuários sem as informações positivas de adimplemento ser de 330% ao ano. Já o Spread para usuários com a informações de adimplemento (positivas), alcançou 299% – queda de 31 pontos percentuais.

Conforme o economista, o Crédito Positivo pode ser o caminho que vai contribuir muito para democratizar o mercado de crédito, gerar queda da inadimplência e possibilitar juros mais baixos. Dessa forma, funcionará como um círculo harmonioso, impulsionando a economia como um todo.

 

Data

22 julho 2021

Compartilhe