Com inteligência de dados, Boa Vista desenvolve soluções que contribuem com o mercado de crédito

Modelos algorítmicos são capazes de impulsionar o aumento das aprovações de financiamentos ao mesmo tempo em que reduzem a inadimplência

 

Aplicar alta tecnologia e inteligência na análise de dados para desenvolver soluções para seus clientes tem sido uma das estratégias da Boa Vista, empresa parceira de negócios da CDL POA e da Rede de Entidades Parceiras, para contribuir com o mercado de crédito, tornando-o mais sustentável. Essa frente de atuação foi incrementada em 2021, com o lançamento do Centro de Excelência em Analytics (CEA), em abril. Nos últimos meses, dezenas de modelos algorítmicos aplicados sobre bases de dados foram desenvolvidos pelo CEA para proporcionar mais precisão e agilidade na análise de riscos por empresas e instituições financeiras. O atual momento econômico – com impactos em diversos setores – torna dois deles especialmente pertinentes: o Modelo de Concessão de Crédito e o Modelo de Aprovação de Financiamento de Veículo.

As soluções chegam em um momento em que a inadimplência dá seus sinais de alerta: pesquisa realizada pela companhia com empresários de diversos setores em todas as regiões do país, divulgada no final de julho, mostra que o não recebimento de valores gerados pelas vendas é o principal problema enfrentado por 52% deles.

O Modelo de Concessão de Crédito ajuda as empresas a lidarem com este desafio. Desenvolvida no CEA, a solução faz a leitura de dados comportamentais extraídas do Cadastro Positivo e outras fontes de informações por meio da inteligência artificial e do machine learning. O modelo identifica os clientes com histórico de bons pagadores para minimizar riscos na concessão e, ao mesmo tempo, otimizar processos de aprovação de financiamentos. As empresas concessoras de crédito que experimentaram a solução (sejam instituições financeiras, sejam varejistas que vendem a prazo) conseguiram aumentar o volume de aprovações em até 35,6%, enquanto a redução da inadimplência chegou a 35,2%.

Qualificando o crédito no varejo automotivo

Em um cenário de queda de 5,8% nas vendas de veículos em agosto ante o mesmo período de 2020, anunciada no último dia 8 de setembro pela Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), o Modelo de Aprovação de Financiamento de Veículos apresenta-se como uma ferramenta capaz de contribuir com o reaquecimento do setor. A solução – também baseada na inteligência analítica de dados e machine learning – já vem ajudando concessoras de crédito na avaliação de perfis de consumidores que querem comprar um carro.

Entre as empresas que já experimentaram a solução, foi constatado um aumento da quantidade de aprovações de financiamentos em até 48,2%, ao mesmo tempo em que se verificou uma redução na inadimplência de aproximadamente 47,6%. Os experimentos realizados com a ferramenta mostraram que o lucro das concessoras de crédito que já a utilizaram subiu em até 30%.

“Os nossos modelos algorítmicos podem ajudar tanto empresas quanto consumidores. Eles reúnem informações capazes de contribuir com uma análise mais precisa sobre clientes mais propensos a utilizar financiamentos para compras e, assim, proporcionam uma melhor gestão de riscos em relação às linhas de crédito que oferecem. Assim, conseguimos beneficiar os dois lados do balcão”, afirma Elmer Dotti, diretor do CEA da Boa Vista.

Data

28 setembro 2021

Compartilhe