Tutorial: como elaborar uma ficha de estoque

07

JANEIRO, 2019

Notícias

O principal objetivo da ficha de Controle de Estoque é inspecionar a movimentação das entradas e saídas de mercadorias de estoque.

Com a ficha é possível manter um estoque atualizado e sem erros, de forma a ter certeza do que se tem dentro da empresa. Assim, você formará um banco de dados para futuras decisões estratégicas, como liquidações, precificação, compras, troca de fornecedores, entre outras.

A partir do uso das fichas de estoque, você também terá subsídios suficientes para o uso de softwares com inteligência artificial, que impulsionarão seus rendimentos a partir da identificação de produtos que precisam ser repostos ou que não estão com saída adequada e trazendo sugestões de vendas.

Veja como elaborar uma ficha de estoque:

1. A forma mais simples de iniciar um controle de estoque é por meio de uma planilha de Excel, por exemplo;

2. Crie um Controle de Estoque com registros de custo unitário, custo total e quantidade de mercadorias;

3. Realize, regularmente, inspeções de conferência entre o Controle de Estoque e o estoque físico. Você pode fazer isso através da seleção de estoque por categoria ou contar o estoque com um leque de produtos diferentes todos os dias, por exemplo;

4. Compute no Controle de Estoque o cálculo em quantidade, custo unitário e total das mercadorias do estoque;

5. Elabore o custo unitário por meio do custo médio ponderado, ou seja, divida o custo total pela quantidade;

6. É importante lembrar que as fichas de estoque feitas no Excel servem pra empresas com poucos SKUs. Empresas com muitos SKUs devem utilizar softwares de entrada e saída de estoque. Também existem softwares especializados em estoque que oferecem funcionalidades ideais para os objetivos de gestão de cada empresa.