fbpx

Quando a indicação vale mais que uma campanha de vendas

14

JUNHO, 2019

Notícias

Recomendação interpessoal é uma excelente forma de atração e retenção de clientes

 

Novos contextos, antigos costumes. Mesmo diante da infinidade de possibilidades que o marketing digital oferece, uma ferramenta usada desde os primórdios do varejo parece desempenhar, cada vez mais, um papel fundamental nas vendas. É o conhecido “boca a boca”; a velha recomendação de amigo para amigo. De acordo com uma pesquisa da consultoria Nielsen, 92% dos consumidores confiam mais nas recomendações de conhecidos e familiares do que em qualquer tipo de propaganda feita por uma marca. Por isso, além das diversas campanhas de vendas, é essencial desenvolver também ações relacionadas ao campo conhecido como “marketing da indicação”.

Na prática, o conceito se refere a um método de promover produtos ou serviços para novos clientes com base nas indicações de outras pessoas. Conforme estudo da consultoria Deloitte, os consumidores que chegam por meio de clientes fiéis têm taxa de retenção 37% maior do que aqueles chegam de outras formas. Além disso, segundo pesquisas, eles rendem mais lucro, são mais propensos a recomendar os produtos e serviços para outras pessoas e têm tíquete médio anual 20% maior do que aqueles clientes que não chegaram por indicação.

Mas como colocar em prática estratégias para atrair de clientes através do “boca a boca”?
A CDL Porto Alegre separou algumas dicas para quem quer implantar o marketing de indicação.

1) PROMOVA UMA EXPERIÊNCIA DE COMPRA INESQUECÍVEL

A fórmula já é bastante utilizada, mas ainda é muito eficiente. Um ótimo atendimento e uma memorável experiência de compra farão com que o consumidor se encante pela loja – e, em muitos casos, farão com que ele queira espalhar esse encantamento para seus amigos e familiares.

2) DIVULGUE E COMPARTILHE OS SEUS PRODUTOS

A internet pode ser uma ótima aliada quando o assunto é o marketing de indicação. Quando um consumidor posta ou compartilha informações sobre uma loja nas redes sociais, ele já está fazendo uma indicação aos usuários com quem ele interage nesses canais. Por isso, é preciso usar a criatividade. Uma embalagem divertida, uma abordagem diferente. Tudo o que for “compartilhável” nas redes pode ajudar na divulgação e na recomendação da marca.

 3) FACILITE A VIDA DE QUEM QUER INDICAR

Há várias formas de se colocar em prática essa estratégia, como oferecer cupons de desconto e pequenos brindes para os clientes que recomendarem a loja a amigos ou, então, criar uma área de comentários no site. O importante é criar um espaço para que o cliente se manifeste.

4) CRIE UM PROGRAMA DE RECOMPENSA POR INDICAÇÕES

Dê aquele empurrãozinho! Ofereça desconto para quem indicou um amigo e para a pessoa que foi indicada; pense em um bônus ou em um presente para quem trouxe um novo cliente.

5) TRABALHE COM INFLUENCIADORES DIGITAIS

Influenciadores são aquelas pessoas que contam com um alto número de seguidores das redes sociais – e que, por meio de suas postagens, indicam tendências de consumo e comportamento. Eles são um ótimo recurso para qualquer estratégia de marketing de indicação, já que trabalham com engajamento constante do público e posts patrocinados.

Se colocadas em prática, essas estratégias têm o potencial de transformar o seu cliente em defensor da sua marca – é o sonho de consumo de qualquer empresa do ramo do varejo.