A vinda de milhares de vizinhos argentinos, apesar de ter sido um dos momentos mais esperados da Copa em Porto Alegre e de ter superado a expectativa em quantidade de visitantes, não atingiu o volume de vendas estimado para o varejo. Conforme a CDL Porto Alegre, o resultado alcançou R$ 22 milhões, menos do que os R$ 24 milhões inicialmente projetados.

 

Para o presidente da entidade, Gustavo Schifino, depois deste penúltimo jogo, o número de vendas total para o período do Mundial foi revisto e agora é de R$ 90 milhões no total, 10% abaixo do previamente divulgado. “Os hermanos trouxeram uma grande movimentação e o fato de terem se hospedado na Capital certamente vai render frutos, porém frustou a expectativa em consumo no varejo local”, comenta Schifino. “Provavelmente, teremos um mês de junho abaixo da média, já que tivemos um sábado a menos, um feriadão, redução de horário em dias de jogos do Brasil, especialmente neste próximo sábado, fechamento do mês, e isso certamente vai impactar nos resultados”.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa

Foto:Emmanuel Denaui/ Agência Preview