Live mostra como aumentar as vendas pelo WhatsApp

22

MAIO, 2020

Notícias

As portas das lojas podem estar fechadas, mas as vendas não estão proibidas. Em tempos de pandemia, as tecnologias estão sendo excepcionalmente aproveitadas para realizar as tarefas anteriores ao isolamento social. O WhatsApp é a ferramenta de comunicação mais popular do Brasil e uma das principais do mundo ocidental. Somente no País, o app está em 99% dos aparelhos celulares e 97% destas pessoas o utilizam diariamente. Para auxiliar os lojistas a explorarem melhor a ferramenta, a CDL POA convidou a sua parceira Suiteshare, empresa que fornece ferramentas de marketing para vendas no WhatsApp, para mostrar como aumentar as vendas com o aplicativo. Em uma Live no Facebook da Entidade, realizada nesta sexta-feira (22), e mediação de Rafael Guerra, gestor de Marketing da CDL POA, o CEO da Suiteshare, Maicon Ferreira, falou como é possível realizar uma venda de ponta a ponta por meio da ferramenta.

O WhatsApp tornou-se um instrumento de vendas bem antes da pandemia da Covid-19. Em vários casos, é muito mais fácil utilizar um aplicativo já existente do que desenvolver um do zero, ainda mais no caso do WhatsApp que é massivamente utilizado pelas pessoas. Hoje, o WhatsApp já deixou de ser ferramenta prioritária de comunicação e passou a ter foco em vendas também. Empresas grandes ou pequenas têm se beneficiado muito do aplicativo. Por exemplo, a Casas Bahia, durante a pandemia, conectou o consumidor com suas lojas mais próximas pelo WhatsApp.

A venda realizada pela ferramenta é mais humanizada e possui muito mais possibilidades de interação que um e-commerce, comenta Maicon. Para explicar melhor todo o processo de venda pelo WhatsApp, o executivo listou 10 passos para que uma compra aconteça com sucesso.

1 – Para que seja encontrada em uma pesquisa do Google, a empresa deve estar com seus canais digitais atualizados, como site e redes sociais;

2 – Ao chegar no site ou canal da empresa, o cliente deve ter facilidade em realizar o contato, por exemplo, encontra um link que já encaminha para falar por WhatsApp com um vendedor;

3 – Algumas pessoas têm dificuldades em iniciar uma conversa, portanto, deve haver uma mensagem pré-elaborada que já faça isso;

4 – O que for possível automatizar, melhor. A mensagem padrão dá um atendimento rápido e atencioso. E, deste modo, o cliente não tem o trabalho de ter que adicionar o contato em seu celular;

5 – Toda a empresa tem que utilizar o WhatsApp Business;

6 – Com a ferramenta Business, é possível confirmar a confiabilidade da empresa, por meio da marca, a foto do vendedor e o catálogo de produtos. Em breve, o WhatsApp também será um meio de pagamento;

7 – Agilidade no atendimento, é o que espera a pessoa que realiza uma compra por meio da ferramenta;

8 –Com a ferramenta, é possível dar explicações sobre o produto, com detalhes e instruções de uso, fazendo assim uma venda assertiva;

9 – O pagamento, atualmente, pode ser uma barreira. Pesquise meios para, ao final da compra, enviar um link de pagamento, há no mercado diversas soluções;

10 – Pós-venda. Após o recebimento do produto, o cliente pode receber uma pesquisa de satisfação sobre o atendimento e o produto, de modo que o relacionamento continua a acontecer. É mais fácil vender mais para o seu cliente do que captar um novo.

Ao ser questionado sobre listas de transmissões e grupos do WhatsApp, Maicon afirmou que as aplicações têm muita efetividade e são ferramentas poderosas para captação e conversão de vendas. Segundo ele, deve-se ter cuidado com as listas, pois só irão receber a mensagem os contatos gravados na agenda e, ainda, caso seja denunciado como spam, o WhatsApp pode bloquear a conta. Sobre os grupos, é melhor trabalhar com os fechados, pois os totalmente abertos, em que todos podem falar, não dão muito resultado, relata o gestor.

Para que uma jornada de venda excelente aconteça, é necessário que os vendedores estejam treinados, com um play book, ou seja, um repertório de respostas padrão, para que possam ter um caminho a seguir. Hoje, o relacionamento por WhatsApp é bem mais efetivo que o e-mail marketing, por exemplo, sendo a fidelização mais significativa.  No WhatsApp Business, é possível automatizar a mensagem de boas-vindas e de ausência, que bem utilizadas e de forma criativa podem informar o momento no qual o vendedor estará disponível para o cliente. Ao final da Live, o gestor garantiu que a venda por WhatsApp já é uma realidade.

Assista ao conteúdo da Live na íntegra:

___________________________________________________

A CDL Porto Alegre reafirma seu compromisso em acolher as necessidades dos varejistas, auxiliando-os a transpor os entraves da disseminação do coronavírus. A Entidade tem a convicção de que a unidade do setor fará grande diferença neste momento tão delicado e de apreensão para todos. Com a atenção e a disponibilidade de cada empresário, para fazer a sua parte, o setor sairá ainda mais forte desta crise.