fbpx

Liquida Porto Alegre termina com aumento das vendas em relação a 2018

01

MARÇO, 2019

Notícias

Nota técnica do economista-chefe da CDL Porto Alegre, Oscar Frank, mostra crescimento de 6,4% na comparação com a edição do ano passado

Depois de duas semanas de ofertas e de uma programação de entretenimento que circulou por 15 bairros da cidade, o 23° Liquida Porto Alegre termina, nesta sexta-feira (01/03), com estimativa de aumento de vendas na comparação com a edição realizada no ano passado. Em nota técnica divulgada hoje, o economista-chefe da CDL Porto Alegre, Oscar Frank, projeta um crescimento de 6,4% na movimentação financeira durante o período das liquidações (15 de fevereiro a 1° de março). “A previsão está em linha com a evolução recente do cenário econômico, de lenta recuperação da atividade no período pós-crise”, destaca o economista, explicando que o percentual de aumento corresponde à variação da massa salarial dos trabalhadores ao longo do último ano, conforme dados oficiais do IBGE.

SAIBA MAIS SOBRE O LIQUIDA PORTO ALEGRE 2019

 Em 2019, o Liquida Porto Alegre registrou o maior número de adesões de sua história – 4,5 mil lojas, um aumento de 38% frente à edição realizada em 2018. Além de atrações tradicionais como os descontos de até 70%, o evento de 2019 inovou com a Estação Liquida, um veículo que percorreu a cidade promovendo a campanha, distribuindo brindes e oferecendo uma programação de entretenimento, aproximando lojistas e consumidores. “A proposta da CDL Porto Alegre era criar um ambiente cada vez mais favorável às vendas, oferecendo suporte necessário aos lojistas. E para os consumidores uma referência de boas ofertas. O Liquida Porto Alegre reafirma sua posição como uma das maiores promoções de vendas do Brasil, superando todas as expectativas”, comemora o presidente da Entidade, Alcides Debus.