Liquida Porto Alegre é prorrogado até 1º de março

22

FEVEREIRO, 2019

Notícias

CDL Porto Alegre estendeu a campanha a pedido dos lojistas e espera fechar o mês de fevereiro com acréscimo de aproximadamente 5% nas vendas do RS

Prevista para terminar, inicialmente, nesta segunda-feira (25), a 23ª edição do Liquida Porto Alegre será prorrogada até 1° de março a pedido dos lojistas participantes da campanha na Capital. A CDL POA prevê um aumento próximo a 5% nas vendas do mês de fevereiro, no Rio Grande do Sul: “Os lojistas perceberam um aumento significativo na movimentação e nas vendas do comércio, por isso atendemos ao pedido e decidimos estender a iniciativa”, explica o presidente da CDL Porto Alegre, Alcides Debus.

Em 2019, o Liquida Porto Alegre teve adesão recorde de 4,5 mil lojistas – o que equivalente a mais de 1/3 do comércio varejista da cidade (44%, segundo a base de dados da RAIS 2017). Além de produtos e serviços com até 70% desconto, o evento apresentou novidades, como a Estação Liquida, uma unidade móvel que circulou pela Capital oferecendo uma programação de entretenimento para os consumidores e distribuição de brindes, em 15 bairros. “O Liquida Porto Alegre tem papel muito importante. Mantém a economia local se movimentando, gerando emprego e renda”, destacou o prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, por ocasião do lançamento da campanha.

Além das tradicionais lojas de vestuário, calçados, eletrodomésticos, eletrônicos, automotivos, materiais de construção, beleza e saúde, neste ano, o Liquida ampliou as promoções para os pets, com mais de 65 pontos de venda cadastrados. Também, foram contemplados segmentos como floriculturas, estacionamentos, gráficas, lavanderias, estúdio de desenho, fotografia e tatuagem, desentupidora, agência de turismo, cutelaria, loja de bengala e de uniformes, funerária, barbearia, motel, lavagem de carro, academia, posto de gasolina e até de reparos domésticos, como o Marido de aluguel.