Gestão de estoque: como melhorar o seu?

10

FEVEREIRO, 2019

Notícias

Controle sobre os materiais disponíveis ajuda a diminuir gastos e a reduzir perdas.

Ter conhecimento sobre o estoque de uma empresa é imprescindível para garantir a eficiência da organização e diminuir gastos que podem comprometer a saúde financeira de um negócio. É importante que o empresário leve em conta a situação dos produtos armazenados, pois artigos não utilizados representam dinheiro parado e impactam diretamente o capital de giro. Para ajudar a aprimorar o controle de estoque, a CDL Porto Alegre elencou algumas recomendações a serem seguidas.

Faça um inventário

O primeiro passo é listar e contabilizar os itens armazenados no estoque. Verifique a validade de cada um e faça um cálculo do fluxo de entrada e saída deles. A partir da movimentação e do uso dos insumos, é possível perceber o tempo que eles ficam parados, a durabilidade e a frequência necessária para efetuar a reposição. Com essas informações, ficará mais fácil de entender se há compras excessivas de determinado material, se é preciso alterar a rotina de trabalho, além de possibilitar uma negociação mais vantajosa com fornecedores. Dependendo da atual situação do controle de estoque (ou da falta dele), centralize essa demanda em um colaborador ou em uma equipe específica.

Crie regras de organização

Crie regras para definir em quais horários pode haver movimentação de estoque e defina quem tem autorização para retirar itens do estoque. Registre a quantidade, a finalidade, qual setor solicitou o material e quanto tempo ele durou. Com mais informações disponíveis, mais domínio você terá sobre o que acontece e, assim, poderá alterar hábitos prejudiciais à saúde financeira da empresa.

Defina quantidades mínimas e máximas

A quantidade ideal de cada produto varia de acordo com diferentes fatores, como a rotatividade, a demanda das equipes, o tempo de entrega do fornecedor, entre outros. Para chegar a essa resposta, analise o custo de cada item e o quanto é possível economizar caso você adquira quantidades maiores de determinado item e o tempo de entrega. Negocie descontos em caso de aquisições mais volumosas, mas evite fazer compras que apenas ocuparão espaço no estoque. É preciso considerar o giro de estoque do insumo, pois, dependendo da área de atuação da empresa, o item pode perecer, ficar obsoleto, ou perder valor.