fbpx

O valor do ticket médio para o dia dos namorados deve ficar em R$ 152,00 gerando um incremento de R$ 70 milhões no varejo da Capital. A expectativa de vendas é da CDL Porto Alegre e Sindilojas Porto Alegre e baseada nos dados apontados pela pesquisa encomendada ao Instituto Methodus. Na ocasião, foram entrevistadas 400 pessoas de ambos os sexos, de 18 anos ou mais, e diferentes classes sociais, residentes na Capital. Deste universo, 50,1% dos consumidores pretendem ir às compras para celebrar o dia 12 de junho. As roupas continuam sendo o presente mais procurado para 27,4% dos enamorados. Na segunda posição está perfumaria, com 15,8% da preferência e calçados, com 11%. Produtos de informática como smartphones serão o presente de 6,8% enquanto somente 0,8% vão comprar tablets.

Bem mais que a metade (85,9%) dos entrevistados afirma que vai comprar somente um presente e pagá-lo à vista (71,5%). Destes, 58,6% vão pagar em dinheiro; 6,5% à vista no cartão de crédito, 6,2% no cartão de débito e 0,2% com cheque. Os casados são a maioria a receber alguma lembrança (66,3%) seguidos pelos namorados (27,2%) e companheiros (3,5%).

 O quesito bom atendimento foi apontado por 77,5% dos entrevistados como sendo fator preponderante para a compra. Promoção de preço representa 64,3% e variedade de tipos e produtos, 46,3%. Atender a expectativa do parceiro é o objetivo de 67,1% das pessoas, já 13,4% vão oferecer algo romântico e 7,4% querem oferecer um presente que simbolize o momento especial. O hábito de compra continua o mesmo: 49,4% irão às lojas uma semana antes da data e 17,3% deixarão para a véspera.

Para o presidente da CDL Porto Alegre, Gustavo Schifino, a coincidência de data com a abertura do Mundial de futebol não deverá prejudicar as boas vendas da data. “O Dia dos Namorados é uma ótima oportunidade para os lojistas que estão preparados com vitrines bem decoradas, variedade de produtos e, claro, sempre oferecendo o melhor atendimento”, destaca. “Esperamos boas vendas, pois a paixão pelo futebol não deverá substituir a chance de presentear quem se ama. E quem sabe os turistas estrangeiros entram no clima e decidam presentear seus pares. Mesmo para aqueles que o Dia dos Namorados seja comemorado em outra data”.

Já o presidente do Sindilojas Porto Alegre, Paulo Kruse, acredita que o comércio da Capital terá um Dia dos Namorados positivo e que a abertura da Copa pode ajudar nas vendas. “Com o aumento do poder aquisitivo da população o Dia dos Namorados foi beneficiado, pois os casais têm mais condições de fazer uma troca de presentes para comemorar essa data, e o início da Copa deve favorecer os negócios porque cria um clima de alegria e felicidade”, explica.

Neste ano, a importância da sustentabilidade na decisão de compra apareceu na pesquisa. Pelos dados, 67,3% considera importante ou muito importante atentar para a questão na hora da escolha. Somente 17,3% das pessoas considera pouco importante. E outra informação interessante é que 74,5% dos entrevistados não pretende pesquisar na internet antes de comprar o presente.